Jornalista José Paulo de Andrade morre aos 78 anos, vítima de Covid-19. - agorapovo.com

Aguarde !!!!

VISUALIZAÇÕES HOJE

sexta-feira, 17 de julho de 2020

Jornalista José Paulo de Andrade morre aos 78 anos, vítima de Covid-19.


Luto no jornalismo e no rádio brasileiro. Morreu na manhã desta sexta-feira (17), aos 78 anos, José Paulo de Andrade. Ele estava internado desde o dia 7 de julho, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, por conta de complicações da Covid-19. Casado, deixa dois filhos: Paulo e César.
José Paulo de Andrade tinha 60 anos de carreira no rádio, sendo 57 na Rádio Bandeirantes, onde marcou época com a apresentação do programa “O Pulo do Gato”.
Zé Paulo, como era chamado pelos amigos, também era formado em bacharel de Direito pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco, da Universidade de São Paulo (USP). Ele começou a carreira profissional em 1960 como radioescuta do plantão esportivo da Rádio América de São Paulo.
O Grupo Bandeirantes lamentou a morte do apresentador. “Com uma voz firme, amplo conhecimento político-econômico, são-paulino fanático e um dos maiores formadores de opinião do Brasil, José Paulo tinha um coração gigante e um caráter ímpar. Com 57 anos de Rádio Bandeirantes, José Paulo de Andrade deixará um legado indiscutível, um vazio enorme e muitas saudades”, disse, em nota.
Contabiliza atuações como repórter e comentarista esportivo. Em 1969, esteve no campo do Maracanã reportando o jogo do Santos contra o Vasco, que culminou com o milésimo gol de Pelé.
Sua história foi contada em 2018 no livro “Ninguém segura esse gato”, escrito pelo jornalista Cláudio Junqueira. Apaixonado pelo São Paulo FC, foi um dos maiores formadores de opinião do Brasil.
A saúde de José Paulo sofreu alguns abalos nos últimos anos: em 2018, por exemplo, ele foi afastado de seu trabalho para tratar um enfisema pulmonar. A fragilidade de sua situação o obrigou a trabalhar de casa desde o ano passado.
SRzd