Ícone dos rodeiros, locutor Asa Branca morre em São Paulo. - agorapovo.com

VISUALIZAÇÕES HOJE

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Ícone dos rodeiros, locutor Asa Branca morre em São Paulo.


Morreu em São Paulo nesta terça-feira (4), o locutor Asa Branca. Aos 57 anos de idade, ele lutava contra um câncer na mandíbula. Internado desde sábado (1) no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, ele teve saturação de oxigênio muito baixa e fortes dores na região dos tumores.

A morte foi confirmada por familiares em comunicado enviado à imprensa. “É com muito pesar que informo a todos o falecimento do nosso querido Waldemar Ruy Asa Branca dos Santos. Em breve, mais informações”. Além disso, o texto incluiu uma frase do locutor: “Nunca abandone um amigo, independente de sua situação”.

Waldermar Ruy dos Santos, que também era portador do vírus HIV desde 2007,  teve sua trajetória contata em um documentário. Ele ganhou o apelido Asa Branca porque tinha a mania de agarrar passarinhos.

Na década de 90, se tornou nacionalmente conhecido por narrar os principais rodeios do país. Se tornou um ícone no segmento por criar um novo estilo de narração, a partir de um microfone sem fio, algo inédito para época. Era sempre convidado para participar de programas de televisão, onde fez participações em novelas, como “Mulheres de Areia” e “O Rei do Gado”.

Segundo a família, Asa Branca seria homenageado neste fim de semana com a medalha da Ordem dos Parlamentares do Estado de São Paulo, mas, por conta do agravamento da doença, ele não pode participar.

Por Redação SRzd