Espécie rara de tartaruga é encontrada morta na Praia do Amor, no litoral sul do RN. - agorapovo.com

VISUALIZAÇÕES HOJE

quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Espécie rara de tartaruga é encontrada morta na Praia do Amor, no litoral sul do RN.


Corpo do animal já se encontrava em estado de decomposição e tinha partes do casco arrancadas. Tamanho e peso da tartaruga-de-pente não foram divulgados


Uma tartaruga-de-pente, espécie ameaçada de extinção, foi encontrada morta nesta quarta-feira (29) na Praia do Amor, em Tibau do Sul, no litoral do Rio Grande do Norte. O animal foi resgatado por integrantes do Projeto Tamar, que atua na conservação de tartarugas-marinhas.

Segundo o biólogo Daniel Henrique Gil, a espécie localizada na Praia do Amor é rara. O corpo do animal já se encontrava em estado de decomposição e tinha partes do casco arrancadas. O tamanho e o peso não foram divulgados, mas, em média, essas tartarugas atingem pouco mais de 1 m e pesam até 150 Kg.

A principal suspeita do Projeto Tamar é que o animal tenha morrido por ação da pesca. Os ferimentos e a morte podem ter sido acidentais, após a tartaruga se enrolar na rede, por exemplo. A espécie era encontrada era um macho.

De acordo com o Projeto Tamar, a tartaruga-de-pente é considerada a mais tropical de todas as tartarugas marinhas e está distribuída entre mares tropicais e por vezes sub-tropicais dos oceanos Atlântico, Índico e Pacífico.

Tem a cabeça relativamente pequena e alongada. O bico se assemelha ao de um falcão e a espécie tem, também, dois pares de escamas pré-frontais.

Desova no litoral norte da Bahia e Sergipe e no litoral sul do Rio Grande do Norte. Há aproximadamente 2,2 mil ninhos por temporada no Brasil.

Por Agora RN