agorapovo.com

VISUALIZAÇÕES HOJE

terça-feira, 4 de agosto de 2020

Na Talismã FM:Flávio de Beroi abre série de entrevistas com os pré candidatos a prefeito de Nova Cruz/RN.

terça-feira, agosto 04, 2020
Na Talismã FM:Flávio de Beroi abre série de entrevistas com os pré candidatos a prefeito de Nova Cruz/RN.

O Programa jornalistico RN Notícias ,com o jornalista Gil Felipe ,vai ao ar de segunda a quinta -feira: das  16h30 ás 17h30 na Talismã FM 99,3 direto da cidade de Nova Cruz/RN.O RN Notícias, inicia nessa terça-feira(04/08), uma série de entrevistas com os pré-candidatos  as Eleições 2020.
O Prefeito Flávio Cesar Nogueira ,o Flávio de Beroi será o primeiro entrevistado da série .


 Os pré candidatos: Germano Targino, Professor Narciso Genuíno    e Valéria Arruda serão convidados para os próximos programas  .

Redação



domingo, 2 de agosto de 2020

Coronavírus matou 23 padres e bispos no Brasil.

domingo, agosto 02, 2020
Coronavírus matou 23 padres e bispos no Brasil.

A maioria das igrejas está fechada, os fiéis continuam distantes da comunhão presencial e os sinos não têm o toque festivo das grandes celebrações. Mas, mesmo assim, o clero se encontra vulnerável à Covid-19, que já matou mais de 90 mil pessoas no país. Segundo boletim divulgado pela Comissão Nacional de Presbíteros (CNP), vinculada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), 392 padres diocesanos foram contaminados pelo novo coronavírus, com registro de 21 mortes. Os dados foram baseados em consulta nas 18 regionais da instituição que congrega os bispos brasileiros e tem como presidente o arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo.

A maior parte dos casos está na Regional Norte 2 da CNBB, nos estados do Pará e Amapá, com 58 religiosos contaminados e seis óbitos, totalizando 64 infectados. Em seguida vem a Nordeste 2, com 57 casos e três óbitos, total distribuído entre Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas. Já na Regional Leste 2, que inclui Minas Gerais e Espírito Santo, não há óbitos, mas há 19 casos positivos, dos quais sete em Minas, nas arquidioceses de BH (quatro), e Montes Claros (um), na Região Norte, e dois na diocese de Luz, no Centro-Oeste.

Os números crescem a cada dia, tanto que após a divulgação dos dados, foram registrados mais três casos positivos, sem óbitos, em Vitória (Leste 2), e cinco no Ceará (Nordeste 1). Nove bispos também foram infectados, e dois deles morreram: dom Henrique Soares da Costa, bispo de Palmares (PE), e dom Aldo Pagotto, bispo emérito da Paraíba. Em Minas, não houve ocorrência entre esse grupo de religiosos.

“Acredito que tenha sido o primeiro caso na nossa arquidiocese. As igrejas estão fechadas, no nosso caso até para restauração, mas a missão continua aberta”, diz o reitor do Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua – Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem, na Região Centro- Sul de Belo Horizonte, padre Marcelo da Silva. Ele foi contaminado em abril e, felizmente, não passou pelo calvário da internação: permaneceu assintomático. “Posso ter sido contaminado numa visita aos hospitais, no atendimento aos pobres, aqui na porta da igreja, ou em outro contato pastoral”, diz o reitor, lembrando que sua congregação, a dos sacramentinos, perdeu nove padres no mundo. “Nós, padres, temos que ser corajosos. Mas a pior sensação, para quem testou positivo é de que possa contaminar alguém. E nós moramos em comunidade”, afirma.

Na diocese de Luz, no Centro-Oeste mineiro, dois padres testaram positivo. Um está internado em hospital de Divinópolis. O outro, o titular da Paróquia São José, em Santo Antônio do Monte, Gílson Ribeiro da Silva, está bem e celebrando missa normalmente. Ele conta que os primeiros sintomas começaram em 27 de junho, “com o nariz escorrendo e dor nos olhos”, seguindo-se “dor de cabeça muito pesada até chegarem os calafrios, diarreia e dor nas costas” que o levaram a procurar o médico e depois a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Padre Gílson conta que na casa que divide com outro religioso e tem uma secretária ninguém foi contaminado.

No período em que foi infectado pelo novo coronavírus, padre Gilson, de 53 anos e sem problema de saúde, estava celebrando missas, pois um decreto municipal permitia a flexibilização, com restrições da freqüência às igrejas: com capacidade para 900 fiéis, o templo recebia apenas 100, com uso de máscaras e higienização com álcool em gel. Na sua avaliação, a contaminação ocorreu a partir do manuseio de dinheiro. “Acho que muita gente está sendo contaminada assim. Pega o dinheiro e põe na carteira”. Mas ele garante que está curado por “graça de Deus”.

Evolução
De acordo com o documento da Comissão Nacional de Presbíteros, a regional Norte 2 da CNBB, que abrange os estados do Pará e Amapá, é a que mais contabiliza infecções de padres por Covid-19 (58). Em segundo lugar está a regional Nordeste 2, que abrange os estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas, com 57 infectados. A regional Sul 1, que abrange o São Paulo, ocupa o terceiro lugar em número de infectados (38).

Já o Ceará (Nordeste 1), está agora no terceiro lugar da lista com relação ao número de contaminados (41), registrando quatro mortes. Ocupando o sexto lugar, estão Bahia e Sergipe, correspondentes à regional Nordeste 3. São 20 padres infectados. Das 18 regionais da CNBB, apenas na Oeste 1 (Mato Grosso do Sul) não há registro de padre infectado por Covid-19.

“A região da Grande Amazônia, com os estados do Norte e parte do Centro-Oeste, é a mais afetada pelo novo coronavírus” , destaca o padre José Adelson da Silva Rodrigues, presidente da Comissão Nacional de Presbíteros e em atuação na Arquidiocese de Natal. Ele afirma que, mesmo com as igrejas fechadas neste período de pandemia, os padres têm celebrado missas com transmissão pelas redes sociais outros meios de comunicação católicos, tendo, então, contato com pessoas da equipe. Para o padre, são necessários “zelo e cuidado” para evitar a contaminação, pois, enquanto há um descompasso, nos estados, entre autoridades federais, estaduais e municipais, é fundamental lembrar que “a vida vem em primeiro lugar”.

Diário de Pernambuco


Coronavírus tira do ar departamento de jornalismo de afiliada do SBT.

domingo, agosto 02, 2020
Coronavírus tira do ar departamento de jornalismo de afiliada do SBT.

Um fato inusitado aconteceu na TV Serra Dourada neste sábado (01/08). A afiliada do SBT em Goiás cancelou a exibição de todos os telejornais locais.

O “Jornal do Meio Dia” e o “Jornal Serra Dourada” não foram exibidos, no lugar entrou as séries “Henry Danger” e “Milagres de Nossa Senhora”, respectivamente.

Segundo uma fonte do site Bastidores da TV, todos os funcionários da emissora foram colocados em isolamento social, por este motivo os telejornais não foram exibidos.

Cerca de 10 funcionários do setor de jornalismo estão confirmados ou com suspeita de coronavírus (Covid-19). “O clima lá é de medo e incerteza”, relatou um funcionário da emissora.

Jordevá Rosa, âncora do “Jornal do Meio Dia”, está há mais de um mês sem apresentar o telejornal, provavelmente por estar dentro do grupo de risco da Covid-19. Lucílio Macedo foi chamado para substituir o titular ao lado de Luciana Finholdt.

Uma chamada do “Jornal do Meio Dia” deste sábado (01/08) foi veiculada várias vezes durante os intervalos comerciais da TV Serra Dourada, mas o telejornal não entrou no ar e os telespectadores foram reclamar nas redes sociais.

“O q aconteceu que o jornal não passou até agora gente ??? Teria que ao menos informar pro público que tá esperando pra assistir o jornal.”, escreveu a telespectadora Lorrane Nevez.

“Também queria saber porque não teve jornal hoje”, questionou o telespectador Rafael Nascimento.

Em parceria com Bastidores da TV


sábado, 1 de agosto de 2020

Seminarista de 20 anos sem comorbidades morre com Covid-19 no RN.

sábado, agosto 01, 2020
Seminarista de 20 anos sem comorbidades morre com Covid-19 no RN.

Um seminarista de 20 anos de idade morreu nesta sexta-feira (31), em Natal, em decorrência da Covid-19. Nícolas Matheus estava internado em estado grave desde 12 de julho, mas não resistiu. De acordo com a Arquidiocese de Natal, a família de Nícolas informou que ele não tinha comorbidades.
O jovem era natural de São Paulo do Potengi, onde viveu, até ingressar no Seminário de São Pedro, em Natal, em 2019. Atualmente, cursava o 2º ano do curso propedêutico.
De acordo com a Arquidiocese de Natal, os seminaristas estão todos em casa por causa da pandemia do coronavírus e as aulas estão ocorrendo online.
No dia 2 de julho Nicolas Matheus começou a sentir alguns sintomas da Covid-19, como febre e dores no corpo. Ele foi a uma unidade de saúde em São Paulo do Potengi, fez o teste de coronavírus e deu negativo.
No dia 9 ele passou mal e foi internado em São Paulo do Potengi. Um novo teste deu positivo. Três dias depois, em 12 de julho, Nicolas Matheus teve uma piora e foi transferido para o Hospital Dr. Luiz Antônio (Liga), em Natal.
Ele ficou entubado até esta sexta (31), mas não resistiu.
De acordo com a Arquidiocese de Natal, o corpo foi levado para São Paulo do Potengi neste sábado (1º), onde seria sepultado.
A Arquidiciose de Natal emitiu nota de pesar pela morte do seminarista. "Aos seus familiares, especialmente seus pais e irmãos, bem como aos seminaristas, seus companheiros de caminhada vocacional, e demais amigos desejamos que este momento de dor seja atravessado na firme confiança no Deus da Vida e na esperança da feliz Ressurreição".

Por Nova Cruz Oficial

A Música brega está de luto:Morre o cantor Kamilo Faion.

sábado, agosto 01, 2020
A Música brega está de luto:Morre o cantor Kamilo Faion.

O cantor romântico Kamilo Faion faleceu na sexta-feira (31) por complicações de saúde após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). O músico está internado há seis dias no Hospital de Trauma da cidade de Campina Grande. Familiares amigos do artista informaram que o cantor passou muito mal no último domingo (26) e foi internado às pressas no Hospital Metropolitano de Santa Rita. Em seguida, foi transferido para Campina. Conhecido no cenário musical como cantor de músicas bregas, Kamilo Faion emplacou vários sucessos na década de 90 e no seu auge da carreira, como “Tempo Perdido”, “Falso Amor”, “Você Partiu”, “Te Amo de Verdade”, “Te Perder Não Quero”, entre outros clássico do brega na Paraíba.

Em parceria com Paraíba Online




sexta-feira, 31 de julho de 2020

Avó de Michelle Bolsonaro volta a ser intubada após um mês de internação.

sexta-feira, julho 31, 2020
 Avó de Michelle Bolsonaro volta a ser intubada após um mês de internação.



A avó de Michelle Bolsonaro, Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 80 anos, voltou a ser entubada nesta quinta-feira (30/7). Ela está internada no Hospital Regional de Ceilândia (HRC) desde o dia 1º de julho, quando foi diagnosticada com covid-19. A paciente precisou ser internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) dois dias depois (3/7).

Desde então, a avó da primeira-dama chegou a apresentar melhora no estado de saúde, voltando a respirar sem o auxílio de ventilação mecânica. Esta semana, no entanto, exames de sangue mostraram agravamento do estado infeccioso.

Segundo membro da equipe que a atende, Maria Aparecida ainda não se recuperou da covid-19. O Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal informa que a paciente está recebendo toda a assistência necessária ao quadro de saúde.

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, também foi diagnosticada com covid-19 nesta quinta-feira. Segundo a Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência, ela “apresenta bom estado de saúde e seguirá todos os protocolos estabelecidos”.

Por:Diário de Pernambuco



Juiz Eleitoral julga improcedente (AIJE) e arquiva processo contra prefeito e vice de Araruna/PB.

sexta-feira, julho 31, 2020
Juiz Eleitoral julga improcedente (AIJE) e arquiva processo contra prefeito e vice de Araruna/PB.


O juiz eleitoral da 20ª Zona Eleitoral, Dr. Rúsio Lima de Melo, julgou improcedente duas ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), nº 0600039-61.2020.6.15.0020, movida pelo PSD, que é presidido no município de Araruna, pelo vereador Caio Ludgério e os advogados Rafael Furtado e João Clécio (advogados do SINSERMA), contra o prefeito de Araruna, Vital da Costa Araújo e o vice-prefeito Iran Pontes do Nascimento.

“JULGO EXTINTA SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO a presente AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL, por ilegitimidade passiva e ausência de interesse processual”, disse o juiz Rúsio Lima.

O prefeito Vital Costa bem como seu vice Iran Motos estavam sendo acusados de abuso de poder político. Segundo os denunciantes/autores, o prefeito estaria utilizando a cor azul da campanha vitoriosa de 2016, nas ações do Governo Municipal, tais como; farda dos alunos, bolsas, fardamento dos agentes de limpeza urbana (garis) e fardamento das professoras todos da cor AZUL dentre outros, além de diversos prédios públicos pintados na cor azul. O autor requer ainda que seja declarado inelegível o representado, cassando-se o registro dos candidatos beneficiados com os atos de abuso de poder politico e econômico.

A defesa do prefeito Vital Costa alegou que não se trata de atitude que revele a promoção pessoal, pois as administrações públicas sempre usaram cores ou símbolos para identificar seus agentes, instituições, repartições e prédios funcionais.

“A gestão Cuidando da Nossa Gente passou a utilizar a cor azul, com o único objetivo, alavancar o patriotismo junto aos munícipes, referenciando as cores da bandeira do município azul e branca. Os denunciantes/autores dos processos deveriam saber que a AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) só é possível no período próprio, quando se tem uma candidatura devidamente registrada. Lamentável a maneira como se utiliza do judiciário com ações natimorto, ou seja, que já nascem mortas, com um único objetivo, o de tentar passar para população uma situação não real e inviabilizar uma Gestão que só pensa em ajudar a cidade e melhorar a qualidade de vida das pessoas. Vamos continuar rebatendo e nos defendendo com a verdade, todas essas denúncias e representações infundadas, caluniosas e próprias de um grupo que tentar implantar o passado e o retrocesso em Araruna", disse o chefe de gabinete, Dr. Íkaro Morais.

O prefeito Vital Costa lamentou a tentativa de grupos de oposição tentar distorcer informações, com conversas casuais de atos de pré-campanha. “Participamos da disputa eleitoral de forma limpa, e clara. Transparente. Aliás, princípios esses que norteiam nossa forma de trabalhar. É lamentável perceber que ainda há pessoas que querem prejudicar Araruna”, desabafou.

De acordo com o prefeito, o Governo Municipal se empenha para seguir trabalhando para o desenvolvimento de Araruna, e ressaltou o trabalho da Justiça. “Estamos no terceiro ano de governo, e infelizmente ainda temos que desperdiçar tempo e energia para lidar com tentativas de parar nosso trabalho. A Justiça foi feita, e a verdade, mais uma vez, comprovada”, destacou o prefeito ararunense, Vital Costa.

Os aliados do Prefeito de Araruna comemoram nas redes sociais a decisão favorável ao chefe da edilidade ararunense.

Por:Araruna Online


quinta-feira, 30 de julho de 2020

Mercado Público de Nova Cruz/RN será revitalizado.

quinta-feira, julho 30, 2020
Mercado Público de Nova Cruz/RN será revitalizado.


O abandono, sofrido pelo Mercado Municipal de Nova Cruz/RN  nas gestões anteriores a do Prefeito Flávio de Beroi: relegaram  um dos mais tradicionais ponto de encontros dos nova-cruzenses em uma lugar sujo, desorganizado , desconfortável  e abandonado tanto para os comerciantes como para os seus frequentadores.

Mas na Gestão do Prefeito Flávio de Beroi , está mudando essa realidade caótica do Mercado Municipal de Nova Cruz.  Ao  iniciar as obras de revitalização  do Mercado Público de Nova Cruz/RN, o Prefeito  Flávio  de Beroi, faz justiça os anseios dos nova-cruzenses que  sofreram com o descaso das gestões municipais anteriores que nada fizeram para mudar  a situação de mercado.
Prefeito Flávio de Beroi (Camisa branca) vistoria as obras do mercado.


A entrega do Novo Mercado Público Municipal, está  acelerada  e  deve se dá em breve. Certamente esse será,  uma das mais importantes obras  das  mais de 100 obras da Gestão Flávio de Beroi realizadas em menos de 1 ano de gestão , feitas com recursos próprios.

Miguel Arcanjo